Entre ou cadastre-se para ter acesso à Bíblia completa, ferramentas de estudos e buscas

  Página principal




Para Ser Bom Líder, Seja Bom Aprendiz

Por Geniais , em 05/01/2019, 13:41h

MANÁ DA SEGUNDA
www.cbmc.org.br
www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL
25 de junho de 2018
Vinte anos servindo às comunidades empresarial e profissional
Para Ser Bom Líder, Seja Bom Aprendiz
Por Robert J. Tamasy


A liderança oferece grandes oportunidades.

Muitos líderes encaram o seu papel como um tremendo privilégio. A liderança, porém, também apresenta desafios significativos, não apenas para liderar outros com eficácia, mas também para evitar as armadilhas que têm afligido as pessoas em papéis executivos ao longo da história. Por exemplo, posições de liderança podem inflar o ego.

Esta é uma das razões para lermos esta admoestação do apóstolo Paulo, ele próprio um líder comprovado: “Por isso, pela graça que me foi dada digo a todos vocês: Ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.” (Romanos 12:3). Uma forma de “ter de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter” é agir com a presunção de que sabemos todas as coisas, pelo menos mais do que qualquer outra pessoa que dirigimos ou gerenciamos. Tememos que se admitirmos que não temos todas as respostas os subordinados possam nos menosprezar e até mesmo questionar nossa autoridade. Entretanto, uma das características mais apreciadas dos bons líderes é a disposição de reconhecer que eles ainda têm muito que aprender.

Na verdade, estar aberto para aprender com aqueles que se reportam a eles capacita os líderes a demonstrar o quanto eles valorizam sua equipe. Um bom líder se esforça para permanecer um bom aprendiz.

Muitas das minhas maiores lições no mercado de trabalho vieram de pessoas que contratei e dirigi. Nós encontramos o princípio “bons líderes são bons aprendizes” exemplificado por Jesus Cristo, a quem a Bíblia descreve como totalmente Deus e totalmente homem. Como Deus encarnado, não Lhe faltava conhecimento. Ainda assim Ele mostrou a Seus seguidores uma total disposição para aprender com eles. Por exemplo, Jesus inquiriu Seus discípulos: “...Quem os outros dizem que o Filho do homem é?” (Mateus 16:13). Ele não precisava fazer esta pergunta, mas estava disposto a ouvir o que Seus discípulos tinham a dizer.

Previsivelmente, eles apresentaram uma variedade de respostas. Então Jesus fez uma segunda pergunta: “E vocês, perguntou Ele. Quem vocês dizem que Eu sou?” (Mateus 16:15). Um deles, Pedro, respondeu rápido: “...Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.” (Mateus 16:16). Jesus não apenas queria conhecer suas respostas, mas também desejava encorajá-los a refletir sobre a pergunta mais importante de todos os tempos. O mesmo se aplica ao domínio do mercado de trabalho. Não importa o empreendimento em que estejam envolvidos, a verdade de que bons líderes são bons aprendizes – líderes/aprendizes – não falha. Na realidade, ela é atemporal. A Bíblia oferece bastante conhecimento a esse respeito, inclusive no livro de Provérbios. Aqui estão apenas dois exemplos: Manter-se aberto para aprender coisas novas.

Já se tem dito: “Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós.” Pode requerer humildade reconhecer isso, mas cada um de nós pode aprender com pessoas até mesmo dos níveis mais inferiores, profissionalmente falando. Elas podem oferecer perspectivas e abordagens que nós deixamos de considerar. “Dedique à disciplina o seu coração, e os seus ouvidos às palavras que dão conhecimento.” (Provérbios 23:12). Busque a verdade e o discernimento. Seguidores de Jesus Cristo oram por sabedoria e direção de Deus. Geralmente, Ele proporciona isto através de outras pessoas. Seríamos sábios se considerássemos o que elas estão pensando antes de tomar decisões. “Compre a verdade e não abra mão dela, nem tampouco da sabedoria, da disciplina e do discernimento.” (Provérbios 23:23).

0

Comentários

Nenhum comentário